Tai Chi Marcial

O tai chi chuan tradicional era muito diferente do que é praticado hoje em dia, pois pressupunha uma habilidade em todos os nossos corpos (físico, mental, emocional e espiritual), o que comportava uma atenção marcial e filosófica da arte.

Para que possamos ter compreensão mais profunda disto temos que ter como ponto central, que somos seres únicos, e para que isto deixe de ser um conceito e se transforme numa prática temos que nos sentir e permitir que nos sintam.

Fisicamente nosso corpo é uma série de sistemas integrados em harmonia (saúde) ou desarmonia (doença) que interagem a partir de funções sob comando ou não.
Como tudo se relaciona nossas funções mentais muitas vezes desprezadas pela sociedade são encampadas por uma sociedade doente (em desarmonia) e nos transformamos muitas vezes em autômatos. E o nosso individualismo? Nossas emoções então? Coitado daquele que ousa desafiar os padrões e ser ele mesmo. A pressão é tão grande que é melhor buscar um “remédio”, pois as dores destes conflitos teriam como conseqüência nos ajudar a achar soluções, portanto calam-se as dores e também as soluções.
Espiritualmente o homem é um todo: somos filhos de Deus, somos deuses em potencial, etc, mas na prática nos sentimos um nada muitas vezes: acredito em Deus, mas na primeira dificuldade, por que Deus fez isso comigo? E a fé, onde fica?

Somos enfim seccionados em todas as áreas: física, mental, emocional e espiritual, e muitas vezes para piorar coisificados é um braço, e um membro, é o órgão, é o pensamento, é a emoção, é o espírito, é a alma. E o todo que somos nós? E o tesouro que há em cada ser humano guardado em seu intimo?
Através da pratica do tai chi chuan fight você irá trabalhar 3 conceitos.

CHI KUNG – é a habilidade de limpar nossos corpos de energias desarmoniosas e também concentrar uma energia mais pura a cada ciclo lunar, é feita em grupo ou individualmente.

SHUAN LIANG – é a pratica de cada movimento do tai chi chuan feita de uma forma combinada dentro dos princípios do tai chi (Yin e Yang) é feita em duplas.

TUI SHOU – é a pratica do tai chi chuan feita trabalhando-se sob 2 formas: orientada e livre. Na orientada o aluno é apresentado a um determinado movimento tendo de repeti-lo até compreender sua essência estudando a partir daí na forma livre.

Energia – Somos um nível de energia bem complexo, a energia humana relaciona-se ou deve se relacionar com outros dois níveis de energia: as energias da terra e suas manifestações e a energia do céu ou energia do cosmos.

Em geral quase todos as pessoas tem facilidade com um destes dois níveis, muitas vezes desconhecendo o outro. Esquece-se aquele que age assim que somos um todo, e para haver harmonia temos de resgatar nossas partes faltantes.

Fisicamente e mentalmente, devemos desbloquear nossas energias do céu e da terra, em 3 canais energéticos (não meridianos) ombros, cotovelos e punhos são um, outro é a articulação coxofemoral, joelhos e calcanhar e o último nossa coluna vertebral, o que interliga tudo e nosso ventre ou mais precisamente o Dan Tien.

Enfim praticar e treinar o Tai Chi Chuan Marcial é um desafio para que possamos nos perceber mais e melhor enquanto seres humanos, nos fortalecendo fisicamente, percebendo nossas emoções e estados mentais, deixando que nosso estado humano prevaleça acima do animal, e o espírito cheio de brilho e luz possa manifestar-se.

“Luta, para aquele que não compreende o sentido da vida é um conflito externo, para aquele que busca trilhar o caminho da compreensão da vida é o conflito interno”.
Mestre Adriano d’Avila

“A não violência é uma escolha para aquele que pode escolher, ou seja o covarde ou o fraco não está tendo escolha, mas o corajoso e o forte ao fazerem sua opção de fato estão fazendo sua escolha.”
Mahatma Gandhi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *